terça-feira, 5 de outubro de 2010

Positivo. E agora?


Respire fundo.
Tenho 18 anos, e a 5 meses descobri que estava grávida. Com certeza, foi a noticia mais importante da minha vida. Eu sabia que a partir daquele momento tudo iria mudar. Como mudou. Meus sentimentos se intensificaram, e eu não conseguia aceitar. 
''Eu não posso ser mãe!'' (Dizia)  
Até que fiz minha primeira ultrassonografia. Escutar os batimentos cardíacos daquele embrião tão pequeno me fizeram perceber o quanto eu estava sendo ignorante. Como um ser tão minúsculo, já pode formar um coraçãozinho tão forte? Desde então, percebi que tudo era possível. 

Não se desesperem AMIGAS. Tudo na vida tem um motivo. Acreditem nisso. Acreditem em vocês.
Um Beijo.


Um comentário: